• Tendências do tráfego europeu no retalho durante o Halloween e Dia de Todos os Santos

    Abóboras, comida festiva e disfarces sazonais são excelentes indutores de tráfego de consumidores em muitos países europeus, todos os Outonos. Mas, este pico de tráfego no retalho, não se manifesta de forma igual em todos os países. Os dados históricos da ShopperTrak revelam quais os consumidores europeus que adoram o Halloween e quais preferem celebrar o Dia de Todos os Santos.

    Consumidores no Halloween — Alemanha e Reino Unido

    Tanto o Reino Unido como a Alemanha registaram aumentos significativos de tráfego nas lojas, no fim-de-semana que antecedeu o Halloween, bem acima de um fim-de-semana normal. O tráfego, nesse fim-de-semana, regista tipicamente uma subida de +1,5%, no Reino Unido e +5%, na Alemanha.

    Consumidores no Dia de Todos os Santos — França, Espanha e Itália

    À medida que o Halloween foi garantindo um excelente tráfego de consumidores nos anos mais recentes, ….

    Leia Mais
  • Estilo de vida: mudar o papel dos centros comerciais europeus

    Os centros comerciais não são capazes de oferecer corredores ilimitados nem escolhas intermináveis, como por vezes acontece no mundo digital. Em vez disso, a sua vantagem é poder oferecer experiências enriquecedoras e adequadas ao estilo de vida dos seus visitantes. Têm o poder de acrescentar a diversão no mundo das compras e, por essa razão, os centros comerciais mais inovadores da europa, estão a realizar as melhores vendas e a ajudar os retalhistas a atrair novos consumidores.

    “Para permanecerem relevantes, os centros comerciais devem oferecer uma experiência única e reposicionarem-se no mercado como polos comunitários, centros que apelam a um estilo de vida atrativo ou vastos centros de entretenimento”, revela um relatório da Euromonitor, publicado em 2016, The Reinvention of the Mall.

    Os ….

    Leia Mais
  • A relevância das escalas para uma equipa de sucesso

    Pode estar a trabalhar arduamente para atrair consumidores, satisfazer as suas exigências e obter conversões — mas estará a ter em conta o papel que os seus colaboradores desempenham nesta equação?

    A perícia dos vendedores é um dos principais recursos dos retalhistas. Para além de garantir que o negócio corre bem a nível operacional, a equipa de vendedores é essencial para garantir um bom serviço aos clientes, uma vez que prestam aconselhamento aos consumidores e transmitem a confiança que os leva a efetuar a transação.

    Mas, por melhor que uma equipa de loja seja, não obterá bons resultados se a escala de trabalho e a quantidade de mão de obra, não for construída com base numa compreensão holística do comportamento dos consumidores.

    Examinar a efetividade da sua escala de colaboradores e dominar a capacidade de otimizar o rácio Consumidores-Colaboradores (STAR) nas lojas, pode trazer resultados impressionantes. A ….

    Leia Mais
  • Remodelação do Retalho: qual é o futuro do retalho físico?

    No retalho, o consumidor está no comando, com as lojas e os centros comerciais em constante adaptação, procurando uma maior aproximação ao cliente, para assim se manterem a par com os seus padrões que se alteram continuamente.

    O que torna tudo isto num desafio interessante é o facto de que não existem dois consumidores com o mesmo comportamento. Assim, para ir ao encontro das necessidades da sua base de clientes, as empresas de retalho precisam de ser flexíveis; algo que é mais fácil dizer do que fazer.

    Para ajudar os retalhistas e os centros comerciais a compreender como podem dar uma resposta mais eficaz às necessidades tão diversificadas dos consumidores, a ShopperTrak levou a cabo um inquérito em cinco mercados europeus. Os resultados — que podem consultar gratuitamente no nosso relatório Remodelação do Retalho Parte 2 ….

    Leia Mais
  • Quando vai ocorrer, na Europa, o pico na afluência de Natal?

    Não há um país na Europa que não celebre o Natal. Mas para compreender algumas das riquíssimas diferenças culturais entre os diversos países, não é preciso procurar para além desta estação festiva.

    Enquanto os britânicos começam a trinchar o peru na tarde de 25 de Dezembro, os portugueses ainda estão cheios com a Consoada da noite anterior. E enquanto nalguns países europeus as prendas já foram abertas antes do Ano Novo, noutros como na Itália e em Espanha, as crianças só poem os sapatinhos fora da porta, no dia 5 de Janeiro, para mais tarde os irem buscar cheios de doces e brinquedos.

    Mas, não são só as festividades que mudam de país para país; as diferenças no comportamento dos consumidores, com a aproximação do Natal, também são notórias, tal como revelam os nossos dados de tráfego.

    Os hábitos de consumo europeus são tão diversificados como as suas tradições

    Para compreender a forma ….

    Leia Mais
  • Twój 60-sekundowy przewodnik po trendach zakupowych w Polsce

    ….

    Leia Mais