Divulgação: os dias mais movimentados do Natal, na Europa, em 2017

À medida que o Natal se aproxima, os retalhistas europeus enfrentam um período crítico. As lojas estão a tentar reter o máximo de consumidores para efetuar cada venda possível, à medida que estes vão entrando, trazendo extensas listas de compras. O prémio compensa esse esforço: A Statista.com estima que as compras de Natal valem 307 mil milhões de Euros para o setor retalhista europeu.

No entanto, existem diferenças culturais neste continente que afetam diretamente o tráfego, assim como as possibilidades que os retalhistas têm para capitalizar as necessidades dos consumidores. Para ter uma boa perspetiva de como variam os padrões de consumo de país para país, a ShopperTrak foi consultar os dados de tráfego nas lojas e ver onde ocorreram os picos, na época natalícia, em 2014, 2015 e 2016.

A Black Friday agita a França, Alemanha e Reino Unido

Com a afirmação da Black Friday como um evento recheado de promoções, por toda a Europa, a corrida às compras de Natal começa mais cedo para muitos retalhistas. Os dados de tráfego do ano passado confirmam que a França, o Reino Unido e a Alemanha foram os países que mais rapidamente começaram a vender no fim-de-semana da Black Friday.

No entanto, apesar do fim-de-semana da Black Friday assinalar o início das compras de Natal, existem, na Europa, diferenças fascinantes, em termos da seriedade com que os consumidores encaram a compra dos presentes de Natal. A análise de tráfego, mostra que os consumidores alemães preferem distribuir as suas compras ao longo do mês, gerando picos de tráfego nos sábados. Já os consumidores britânicos deixam as compras de Natal para a última hora, o que provoca picos de tráfego somente nos dias que antecedem o Natal. De facto, no Reino Unido, o dia 23 de Dezembro, tem sido o dia mais movimentado da época natalícia, nos últimos três anos.

Não subestime o poder do Super Sábado

Os retalhistas mais inteligentes sabem tirar partido do último grande dia de vendas, o Super Sábado:  o último sábado antes do Natal. No ano passado, este foi o dia mais movimentado da época na França e na Alemanha e o 3º no Reino Unido.

As vendas do Ano Novo mantêm o retalho em alta

Em certos países, as oportunidades de consumo não sofrem picos antes do Natal, mas estendem-se até Janeiro. Les soldes d’hiver, as vendas promocionais da estação fria e a época favorita dos retalhistas franceses, provoca um forte fluxo de tráfego na primeira quinzena de Janeiro. Os nossos dados demonstram que a sexta-feira, dia 9 de Janeiro, foi o dia mais movimentado no retalho, em França, em 2016 e 2017 e que, a sexta-feira, dia 10 de Janeiro, foi o melhor dia de vendas da época natalícia em 2015 e 2016. Entretanto, os consumidores espanhóis, adoram fazer compras no fim-de-semana após o Dia de Ano Novo, com o sábado, dia 7 de Janeiro a revelar-se o dia mais movimentado da época natalícia, em 2016 e 2017.

Este Natal, prepare-se para a ação

Para os retalhistas europeus, compensa estar preparado para todos estes dias de consumo e usar os dados de tráfego de anos anteriores para aperfeiçoar o trabalho deste ano. Por exemplo, se, em 2016, existiram problemas relacionados com o fluxo de consumidores nas lojas e com a celeridade dos pagamentos, que medidas foram tomadas para resolver o problema este ano? Como podem os gestores de loja mobilizar as suas equipas para otimizar os dias mais calmos que surgem entre picos?

Organizar corretamente as operações básicas, tornará os dias complicados, mais simples de gerir, significando que não se perdem vendas pelo caminho. É essencial ter o número certo de colaboradores na loja durante os picos, assim como garantir que o inventário irá cobrir a procura e, que os serviços — como as encomendas online com recolha na loja — estão a decorrer de forma tranquila.

Os padrões de tráfego nas épocas festivas, tendem a seguir as mesmas tendências, ano após ano, auxiliando os retalhistas a oferecer excelentes experiências de consumo, nesta época tão relevante na sua agenda. Mas, os nossos dados demonstram que os retalhistas, em cada país, têm comportamentos diferentes.

Para os retalhistas que têm uma presença em vários países, isto significa que o planeamento operacional tem de ser adaptado em conformidade, para maximizar cada oportunidade de vendas, em cada espaço físico. E, independentemente do local onde as lojas se situam, quanto maior for conhecimento sobre o comportamento dos consumidores, melhor será a compensação nesta maravilhosa época do ano.

Prepare-se para o Natal de 2017: descarregue o nosso infográfico sobre os dias mais movimentados da época natalícia

Share:
0 Comments

Comments are closed

Back