O que significa uma Páscoa tardia para o tráfego no retalho europeu?

Artigo
Por ShopperTrak on 04-04-19

Este ano, a Sexta-feira Santa ocorre no dia 19 de Abril e o Domingo de Páscoa no dia 21, datas particularmente tardias em termos de calendário.

Os nossos dados de tráfego registam que quanto mais tarde ocorrer a Páscoa, menor a probabilidade de se verificar um aumento de tráfego. Isto significa que os retalhistas têm de se esforçar mais para realizarem boas vendas. Em 2019, prevê-se que o tráfego siga o mesmo padrão de 2017, ano em que a Páscoa ocorreu igualmente em Abril.

Ao utilizar o histórico de dados da ShopperTrak, podemos explorar as previsões de tráfego na Europa, para a Páscoa de 2019.

Previsão de tráfego na Alemanha – Páscoa 2019

A Páscoa tem um impacto significativo nas tendências de consumo da Alemanha. Espera-se um pico no sábado de Páscoa, com o tráfego a crescer +18%, comparativamente à média dos últimos quatro anos.

Para além disso, neste dia, espera-se um aumento de tráfego no comparativo semanal, situando-se 20% acima da média dos últimos quatro anos.

No entanto, na Sexta-feira Santa, Domingo de Páscoa e na segunda-feira seguinte, espera-se uma quebra significativa de tráfego, uma vez que os alemães gostam de passar tempo em família.

Nos últimos quatro anos, o tráfego médio caiu -89% na Sexta-feira Santa, -44% no Domingo de Páscoa e -89% na segunda-feira seguinte.

Os alemães devem concentrar todos os esforços na quinta-feira, 18 de Abril. Poderá registar-se um aumento de tráfego na quinta-feira antes da Sexta-feira Santa, uma vez que nos últimos quatro anos se verificou um aumento médio de tráfego de +29%.

Previsão de tráfego no Reino Unido – Páscoa 2019

No Reino Unido, a sexta-feira e o sábado vão ser os dias mais movimentados do fim-de-semana de Páscoa. Os números do tráfego de quinta-feira irão aproximar-se muito dos de Sexta-feira Santa, tendo-os mesmo ultrapassado, em 2015 e 2017.

Poderá esperar-se um pico na quinta-feira antes da Páscoa, com o tráfego médio a crescer quase +12%, relativamente aos quatros anos anteriores.

Os nossos dados revelam que o tráfego da Sexta-feira Santa é normalmente superior a uma sexta-feira normal (+3% em média). A única exceção foi em 2017, quando o tráfego caiu em média -4%.

O Domingo de Páscoa tem caído -60% de forma consistente, relativamente a um domingo normal, uma vez que muitas lojas estão encerradas.

A tendência aos sábados tem flutuado ao longo dos últimos quatro anos. Apesar do tráfego médio ter subido em 2018, este caiu sempre nos anos anteriores, entre 2015 e 2017.

A ano de 2018 registou uma forte melhoria de tráfego, no comparativo anual, graças à combinação do bom tempo com o facto da Páscoa ter ocorrido mais cedo. O tráfego na Sexta-feira Santa cresceu +7,4%, no comparativo anual e no sábado cresceu + 5,7%, também no comparativo anual.

Previsão de tráfego em França – Páscoa 2019

O sábado será o dia mais movimentado do fim-de-semana de Páscoa, no entanto, de acordo com os nossos dados, os retalhistas franceses devem esperar uma quebra na média de tráfego do fim-de-semana prolongado. O tráfego no retalho poderá igualmente ser afetado pelas manifestações dos coletes amarelos que têm ocorrido em Paris e outras cidades.

Nos últimos três anos, o tráfego na Sexta-feira Santa caiu abaixo do nível médio, no entanto, a data em que ocorreu suavizou mais ou menos essa quebra. Por exemplo, em 2017, a Páscoa ocorreu a meio de Abril e na Sexta-feira Santa a quebra foi de -0,9%, mas em 2016, a Páscoa ocorreu em final de Março e o tráfego caiu -8,6%.

Relativamente ao sábado, em 2017 o tráfego caiu abaixo da média (-1,7%) – o único ano em que isso aconteceu desde 2015. Nos anos de 2015 e 2018, a Páscoa ocorreu no final de Março ou início de Abril e o tráfego cresceu cerca de +6%, em ambos os anos.

Ao contrário da Alemanha e do Reino Unido, o dia antes da Sexta-feira Santa nem sempre traz consigo um aumento de tráfego. O único ano em que se registou um crescimento foi 2017 (+4,9%). Em 2017, a Páscoa ocorreu mais tarde, sugerindo que poderá registar-se um crescimento semelhante em 2019.

No comparativo semanal, os retalhistas podem esperar um aumento de tráfego. Nos últimos quatro anos, o sábado cresceu +7% em média, relativamente à semana anterior. Já na segunda-feira após a Páscoa, o tráfego tem caído significativamente nos últimos quatro anos, registando uma média de -20%.

Previsão de tráfego em Espanha – Páscoa 2019

Em Espanha, a Páscoa é a mais importante celebração nacional. Na Semana Santa todo o país se enche de procissões e desenterram-se tradições antigas e muitas vezes únicas, específicas de cada região. Neste país, a Páscoa costuma apresentar fortes quebras de tráfego no retalho.

Nos últimos quatro anos, o tráfego tem caído em média -49%, apesar de em 2018 a quebra ter sido menor, registando somente -42%.

A quinta-feira anterior à Sexta-feira Santa, bem como o sábado, tem registado resultados díspares ao longo dos últimos quatro anos. Em 2015 e 2018, o tráfego aumentou, mas em 2016 e 2017 caiu.

Na segunda-feira após a Páscoa, o tráfego também caiu nos últimos quatro anos, mas a quebra relativamente à média tem abrandado. Caiu -15,4% em 2015 e somente -10% em 2018.

Tanto em 2017 como em 2018, o tráfego tem aumentado ao longo do fim-de-semana prolongado, especialmente na Sexta-feira Santa, registando +18% em 2017 e +12% em 2018, no comparativo anual.

Previsão de tráfego em Itália – Páscoa 2019

Em contraste com outros países europeus, em Itália, com exceção do sábado de Páscoa, podem registar-se elevados picos de tráfego.

Nos últimos quatro anos, o tráfego na Sexta-feira Santa registou um crescimento médio de +20%, no sábado +13% e na segunda-feira seguinte quase +21% (todos os valores são apresentados em comparação com a média do respetivo dia da semana, isto é, Sexta-feira Santa comparativamente a uma sexta-feira normal).

Em 2019, deverá ocorrer um aumento de tráfego na quinta-feira que antecede a Sexta-feira Santa. Com exceção de 2016, em que o tráfego decresceu, nos últimos quatro anos registou-se um crescimento de tráfego, comparativamente à média, registando-se +13,3% em 2017 e +14,8% em 2018.

Com as lojas encerradas em muitas regiões, no Domingo de Páscoa o tráfego cai significativamente, registando quebras de pelo menos -86%, nos últimos quatro anos. No comparativo anual, os resultados têm sido mistos. Em 2018, registaram-se aumentos na Sexta-feira Santa e no sábado (+4,2% e +10,9%, respetivamente), mas na segunda-feira, o tráfego caiu -0,7%.

Previsão de tráfego na Polónia – Páscoa 2019

Com exceção da Sexta-feira Santa, onde se poderá registar um ligeiro aumento de tráfego (+1 a 2% relativamente à média), na Polónia os restantes dias de Páscoa vão registar uma quebra, uma vez que as celebrações nacionais são muito importantes.

Nos últimos quatro anos, o tráfego tem vindo a decrescer relativamente à média, registando os seguintes valores: sábado: -53%; Domingo de Páscoa: -94%; segunda-feira -87%.

Prevê-se um crescimento de tráfego na quinta-feira que antecede a Sexta-feira Santa, uma vez que os consumidores se querem preparar para a celebração com os seus familiares. Nos últimos quatro anos, o tráfego tem crescido +9% relativamente à média. Na Sexta-feira Santa, espera-se igualmente um crescimento no comparativo semanal, uma vez que o tráfego tem aumentado de forma consistente ao longo dos últimos três anos.

Interessam-lhe as tendências de tráfego por país? Siga as atualizações mensais visitando o centro de recursos online da ShopperTrak.

Leia mais publicações de ShopperTrak