Os retalhistas irlandeses vão beneficiar de um aumento de tráfego no Dia de St. Patrick

Todos sabem que os irlandeses adoram uma boa festa. As celebrações nacionais atingem proporções épicas no Dia de St. Patrick, que este ano se celebra no sábado, dia 17 de Março. Com feriado nacional a 19 de Março, é provável que os retalhistas da República da Irlanda e da Irlanda do Norte, tenham mais oportunidades de venda ao longo do fim-de-semana prolongado. Então, quando é que as lojas terão um maior fluxo de tráfego?

Trevos e duendes

O Dia de St. Patrick é uma celebração da cultura irlandesa, reconhecida internacionalmente, que recorda São Patrício, um dos mais relevantes padroeiros da Irlanda, que pregou a religião cristã durante o século XV. Nos tempos modernos, realizam-se desfiles coloridos com tons de verde e festas por toda a Irlanda, em que os participantes se vestem de igualmente de verde, com chapéus de duende e decorações em forma de trevo. Os pubs e bares são quem mais ganha em termos de tráfego, mas há um benefício em geral para todo o setor do retalho.

Quando o Dia de St. Patrick se realizou, pela última vez, num fim-de-semana – em 2012 e 2013 – o feriado nacional ocorreu na segunda-feira, tal como acontece este ano. É interessante constatar que o tráfego nas lojas irlandesas cresceu, comparativamente a uma segunda-feira comum, em ambos os anos (+11% em 2012 e +10% em 2013), de acordo com os dados da ShopperTrak. Com as pessoas a celebrar o Dia de St. Patrick no fim-de-semana, o aumento de tráfego verificou-se devido ao tempo livre adicional que o feriado trouxe, possibilitando às pessoas sair de casa e aproveitar um dia de compras no centro comercial.

O tráfego nos dias que antecedem o Dia de St. Patrick

Os dados sobre o histórico de tendências da ShopperTrak, revelam que o Dia de St. Patrick, por si só, não gera mais tráfego nas lojas – uma vez que a maioria das pessoas está a divertir-se e não a fazer compras. No entanto, nos últimos três anos, o dia anterior ao Dia de St. Patrick tem revelado um aumento de tráfego, quando comparado à média, uma vez que as pessoas compram mais comida, bebidas e vestuário de festa, preparando-se para o grande dia. Podemos por isso antever que este ano, a sexta-feira, dia 16 de Março, apresentará um aumento de tráfego. Tipicamente, os supermercados, as lojas de bebidas, de moda e os outlets especializados em artigos de festa e roupas extravagantes, serão os maiores geradores de receitas no que às vendas para o Dia de St. Patrick diz respeito.

Graças às famosas festas que ocorrem por todo o país, o número de turistas que visitam a Irlanda também aumenta, à medida que o dia se aproxima. A Certified Public Accountants Ireland estima que 140.000 pessoas visitam a Irlanda no Dia de St. Patrick, muitas delas dirigindo-se para Dublin e também para Downpatrick, na Irlanda do Norte, onde São Patrício foi sepultado.

Utilizando dados de tráfego, é possível os retalhistas saberem quando vão existir picos e que tipo de produtos e promoções vão gerar vendas à medida que as lojas se vão enchendo de consumidores. As nossas informações estratégicas sugerem que os consumidores irlandeses vão procurar formas inspiradoras de celebrar o Dia de St. Patrick, por isso, as lojas devem possuir um inventário bem recheado, com linhas apelativas e um bom nível de colaboradores disponíveis para atender e aconselhar.

As previsões para 2018 são cor-de-rosa

O mês de Março é normalmente movimentado para os retalhistas irlandeses, com o Dia da Mãe (11 de Março), o Dia de St. Patrick (19 de Março) e a Sexta-feira Santa (30 de Março), todos com excelentes oportunidades para maximizar as vendas. Os consumidores deverão estar na disposição de gastar, pois a confiança está em alta e a economia irlandesa em boa forma. O Bank of Ireland prevê um crescimento da economia, na ordem dos 3,8% em 2018, assente no excelente crescimento registado em 2017.

As vendas a retalho, na Irlanda, cresceram 4,3%, no ano passado e a confiança do mercado interno tem vindo a subir nos últimos meses, com o índice do ritmo do consumo do Bank of Ireland a registar, em Janeiro, dois anos consecutivos de crescimento.

No entanto, os retalhistas precisam de planear meticulosamente como vão aproveitar cada oportunidade de venda hoje e como vão construir uma estratégia de fidelização para amanhã. Os grupos ligados ao retalho, com maior sucesso no setor, vão estar a aproveitar os dados de tráfego para compreender todos os aspetos comportamentais dos consumidores, para reagirem eficazmente a todas as necessidades e para garantir que as suas lojas estão otimizadas em termos operacionais, de forma a maximizarem as conversões. No que toca a estratégia de retalho, a sorte dos irlandeses não é suficiente!

Descubra as todas novidades no Relatório Europeu de Tendências de Consumo.

Share:
0 Comments

Comments are closed

Back