RecursosTendências

GLOBAL TRENDS DATA

Índice Global de Tráfego no Retalho da ShopperTrak – o primeiro barómetro na medição de consumidores.

Estatísticas do Retalho na Austrália

Em Julho, o tráfego no retalho australiano caiu -3,6% no comparativo anual, tendo caído, igualmente, os valores do comparativo mensal, após o forte crescimento registado em Junho.

Apesar das vendas a retalho terem crescido em Abril, Maio e Junho, o consumo interno permanece incerto, significando que os retalhistas terão de se focar no preço e num serviço de excelência, para atrair os consumidores. O Banco de Reserva da Austrália (RBA), anunciou em Julho, num comunicado sobre a política monetária que o consumo interno, onde o retalho representa cerca de 30%, permanece o principal setor de preocupação. No 1º trimestre, o consumo interno cresceu apenas 0,3%, acrescentando somente 0,2% ao PIB trimestral. Isto refletiu, de acordo com o RBA, o crescimento quase nulo das vendas a retalho, bem como o fraco consumo a nível de serviços.

Maior Tráfego            Sexta-feira, 13 de Julho

Menor Tráfego           Terça-feira, 24 de Julho

Fontes: Trading Economics, Business Insider

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
-9.20.3
julho
2018
-4.4-3.6
junho
2018
6.3-3.7
maio
2018
-9.9-0.8
abril
2018
11.62.6
março
2018
-2.1-6.5
fevereiro
2018
19.70.7
janeiro
2018
-42.5-10.7
dezembro
2017
53.2-1.7
novembro
2017
4.60.1
outobro
2017
-6.4-2.5
setembro
2017
7.0-6.0
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
19.70.70.4-2.3
janeiro
2018
-42.5-10.70.31.8
dezembro
2017
53.2-1.70.33.6
novembro
2017
4.60.10.2-1.7
outobro
2017
-6.4-2.50.23.6
setembro
2017
7.0-6.00.12.5

Estatísticas do retalho na China

O Ano Novo Chinês, entrou a 16 de Fevereiro e terá sido o causador da quebra de tráfego, uma vez que milhões de chineses preferiram as reuniões familiares ou viajar neste “feriado de Primavera”, em vez de irem às compras na sua região. Os preparativos, no final de Janeiro, contribuíram provavelmente para a quebra de tráfego, no comparativo mensal, enquanto que a quebra no comparativo anual, pode ser atribuída ao facto de que o Ano Novo Chinês, em 2017, ter ocorrido no final de Janeiro e assim, no mês de Fevereiro de 2017 os consumidores já estavam a gastar o dinheiro do envelope vermelho (costume chinês de oferecer dinheiro num envelope vermelho em determinadas festividades, como casamentos ou no Ano Novo Chinês).

Espera-se que a China aumente as vendas a retalho cerca de 10%, excedendo os 40 triliões de Yuan (6,38 triliões USD e 5,12 triliões EUR) este ano, de acordo com um relatório do Conselho Chinês para a Promoção dos Negócios Estrangeiros.

Fontes: Reuters, ChinaOrg

 Vendas a Retalho
Mês a Mês
% Mudança
Confiança dos Consumidores
Mês a Mês
Pontos
agosto
2018
0.00.0
julho
2018
0.00.0
junho
2018
0.00.0
maio
2018
0.30.0
abril
2018
0.7-0.4
março
2018
0.7-1.4
fevereiro
2018
0.81.4
janeiro
2018
0.71.1
dezembro
2017
6.00.8
novembro
2017
0.8-2.1
outobro
2017
0.73.5
setembro
2017
0.80.0
 Vendas a Retalho
Mês a Mês
% Mudança
Confiança dos Consumidores
Mês a Mês
Pontos
#REF!#REF!
fevereiro
2018
0.81.40.61.2
janeiro
2018
0.71.10.50.6
dezembro
2017
6.00.80.50.3
novembro
2017
0.8-2.10.50.0
outobro
2017
0.73.50.50.1
setembro
2017
0.80.00.50.4

Estatísticas do retalho em França

A onda de calor que em julho, percorreu a Europa, provocou algumas disrupções nas atividades de consumo, nos mais variados setores. As lojas francesas registraram uma quebra de -5,9% no comparativo anual, apesar do arranque dos saldos de verão. Incapaz de manter o nível registrado no mês de Junho, o comparativo anual também acabou por cair -11,6%.

As perspectivas são, no entanto, positivas. Em Junho de 2018, o nível de confiança dos consumidores franceses manteve-se estável, sem alterações relativamente ao mês anterior que descera pela 21ª vez consecutiva e abaixo das expectativas de mercado de 98. Os consumidores estão um pouco menos preocupados com o desemprego e também menos pessimistas relativamente à sua capacidade de aforro, de acordo com a Trading Economics.

Maior Tráfego            Sábado, 7 de Julho

Menor Tráfego           Segunda-feira, 2 de Julho

Fontes: The Local, Trading Economics

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
4.22.4
julho
2018
-11.6-5.9
junho
2018
10.3-2.4
maio
2018
13.0-1.8
abril
2018
-12.6-4.7
março
2018
-2.4-1.1
fevereiro
2018
-8.5-2.1
janeiro
2018
-30.6-6.7
dezembro
2017
23.5-5.9
novembro
2017
20.20.7
outobro
2017
-5.3-5.5
setembro
2017
17.32.7
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
-8.5-2.10.0-0.7
janeiro
2018
-30.6-6.70.6-3.7
dezembro
2017
23.5-5.9-1.20.4
novembro
2017
20.20.72.85.7
outobro
2017
-5.3-5.5-1.13.2
setembro
2017
17.32.72.6-2.5

Estatísticas do retalho na Alemanha

Em Julho, a Alemanha também foi fustigada pelo calor, o que poderá ter ajudado a manter os consumidores afastados das lojas e contribuiu para as quebras registradas no tráfego, em termos dos comparativos anual (-10,6%) e mensal (-8,7%). Julho é tradicionalmente o mês de férias para os alemães, o que justifica a redução da afluência nas lojas.

Há, no entanto, boas notícias: os retalhistas alemães, irão, em breve, tirar benefícios do forte comércio internacional, dos investimentos realizados no setor empresarial e do mercado de trabalho em crescimento. Não obstante, o setor do retalho estará sob pressão no 2º semestre, uma vez que terá de tentar recuperar o terreno perdido no 1º semestre.

Maior Tráfego            Sábado, 21 de Julho

Menor Tráfego           Domingo, 22 de Julho

Fontes: OECD, DW.com

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
7.7-1.0
julho
2018
-8.7-10.6
junho
2018
9.9-2.5
maio
2018
-3.9-15.2
abril
2018
-14.7-16.9
março
2018
-6.8-1.2
fevereiro
2018
-3.8-2.4
janeiro
2018
-12.8-4.5
dezembro
2017
6.8-1.5
novembro
2017
29.4-6.3
outobro
2017
-26.1-14.4
setembro
2017
40.04.9
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
-3.8-2.40.0-1.0
janeiro
2018
-12.8-4.50.01.7
dezembro
2017
6.8-1.5-1.0-1.9
novembro
2017
29.4-6.32.80.5
outobro
2017
-26.1-14.4-1.57.3
setembro
2017
40.04.91.00.1

Estatísticas do retalho em Hong-Kong

A economia em Hong-Kong está animada e os retalhistas assistiram a um ligeiro aumento do tráfego, em Julho, no comparativo mensal, o qual registou +0,2%. Quanto ao comparativo anual, este não sofreu alterações.

De acordo com um relatório da PricewaterhouseCoopers, em 2018, as vendas a retalho em Hong-Kong devem crescer 8%, para 484 mil milhões de dólares de Hong-Kong, graças ao aumento das vendas registrado no ano passado e que se espera que continue até final do ano. O número de turistas da vizinha China deverá crescer 12%, atingindo os 50 milhões em 2018 – excelentes notícias para o setor do retalho.

Maior Tráfego            Sexta-feira, 27 de Julho

Menor Tráfego           Domingo, 1 de Julho

Fontes: The Standard, Reuters

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
-6.40.4
julho
2018
0.2-1.0
junho
2018
3.60.3
maio
2018
5.13.9
abril
2018
-9.8-0.4
março
2018
-6.0-1.6
fevereiro
2018
8.24.0
janeiro
2018
-0.34.5
dezembro
2017
-1.83.5
novembro
2017
8.02.6
outobro
2017
2.3-
setembro
2017
10.63.7
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
8.24.00.61.4
janeiro
2018
-0.34.515.80.1
dezembro
2017
-1.83.50.00.0
novembro
2017
8.02.6--
outobro
2017
2.3--1.4
setembro
2017
10.63.7-3.21.9

Estatísticas do retalho na Índia

Em Julho, o tráfego registrado no comparativo anual voltou a crescer +0,4%, assente nos bons resultados de Junho. Não obstante, no comparativo mensal registou-se uma quebra de -5%, fazendo com que o índice que mede o desempenho entre o início do ano e a data atual permaneça nulo.

Os consumidores indianos estão a desfrutar da chegada de novas marcas internacionais, o que está a estimular ainda mais o interesse pelo retalho físico – por exemplo, a primeira loja Ikea acabou de abrir portas em Hyderabad e a Walmart anunciou ter planos para abrir 20 lojas cash-and-carry ‘Best Price’, nos próximos 5 anos.

Maior Tráfego            Domingo, 8 de Julho

Menor Tráfego           Quarta-feira, 25 de Julho

Fontes: News 18, CNN Money

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
-0.23.1
julho
2018
-5.00.4
junho
2018
6.02.7
maio
2018
5.7-4.4
abril
2018
1.6-1.0
março
2018
0.52.3
fevereiro
2018
-9.2-0.8
janeiro
2018
-5.7-1.5
dezembro
2017
24.6-4.4
novembro
2017
-8.9-3.8
outobro
2017
--
setembro
2017
-6.03.1
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
-9.2-0.80.0-3.6
janeiro
2018
-5.7-1.50.01.5
dezembro
2017
24.6-4.40.03.3
novembro
2017
-8.9-3.8-2.9
outobro
2017
----0.5
setembro
2017
-6.03.1-0.8

Estatísticas do retalho na Irlanda

O sol, o número de turistas e uma economia saudável, foram as combinações certas para se registrar um elevado tráfego no retalho, no mês de Julho. A afluência cresceu +4,8% no comparativo mensal, embora no anual tenha permanecido inalterada.

Thomas Burke, Diretor da Retail Ireland, referiu que, no entanto, nem todos os retalhistas lucraram: “Apesar de muitas categorias no retalho terem visto o seu negócio prosperar com o calor, outros setores como as lojas departamentais, vestuário e calçado, reportaram tráfego e vendas abaixo do normal, com os consumidores a preferir uma ida à praia ou ao campo em vez de saírem para as compras”.

Maior Tráfego            Sábado, 28 de Julho

Menor Tráfego           Segunda-feira, 2 de Julho

Fontes: Trading Economics, Retail Ireland

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
0.4-0.8
julho
2018
4.2-0.3
junho
2018
2.6-1.0
maio
2018
3.0-3.0
abril
2018
6.1-3.2
março
2018
-10.6-7.7
fevereiro
2018
-0.7-2.8
janeiro
2018
-28.2-3.8
dezembro
2017
12.11.6
novembro
2017
11.9-0.1
outobro
2017
4.6-2.6
setembro
2017
-3.51.3
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
-0.7-2.80.00.3
janeiro
2018
-28.2-3.80.02.3
dezembro
2017
12.11.64.00.9
novembro
2017
11.9-0.1-0.7-0.4
outobro
2017
4.6-2.61.40.0
setembro
2017
-3.51.31.0-5.1

Estatísticas do retalho na Itália

A quebra de tráfego registrada em Junho, inverteu-se em Julho, registando um sólido crescimento de +18% no comparativo mensal, potenciado pelos famosos saldos de verão e pelo pico registrado no número de turistas.

Em Julho, a Itália foi atingida por uma onda de calor e parece ter sido este o principal motivo para a quebra de -5,9% registrada no comparativo anual, com o governo a colocar 12 cidades em “alerta vermelho”, devido aos riscos para a saúde, incluindo Bolonha, Florença, Génova, Milão, Turim, Veneza e Verona. A caminho do outono, os retalhistas italianos vão recebendo notícias positivas, como as perspectivas de redução do desemprego e a subida do nível de confiança dos consumidores.

Maior Tráfego            Domingo, 8 de Julho

Menor Tráfego           Sexta-feira, 27 de Julho

Fontes: Italy Explained, Trading Economics

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
-6.32.7
julho
2018
18.0-5.9
junho
2018
-0.9-0.4
maio
2018
1.4-1.7
abril
2018
-1.9-6.3
março
2018
-6.36.1
fevereiro
2018
0.8-0.7
janeiro
2018
-24.8-12.6
dezembro
2017
16.52.7
novembro
2017
5.60.9
outobro
2017
-6.6-8.8
setembro
2017
15.54.7
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
0.8-0.70.0-1.7
janeiro
2018
-24.8-12.6-0.20.2
dezembro
2017
16.52.70.83.0
novembro
2017
5.60.9-1.0-0.7
outobro
2017
-6.6-8.80.6-3.1
setembro
2017
15.54.70.012.3

Estatísticas do retalho no Japão

Um calor intenso, seguido de chuva torrencial, inundações e deslizamentos de terras, em certas zonas do Japão, afetaram as atividades de consumo, no mês de Julho. Os retalhistas japoneses registaram uma quebra de -5,4% no comparativo anual de tráfego, embora no comparativo mensal se tenha registado uma subida de 1,1%, idêntica ao mês de Junho.

A economia está a recuperar de forma estável, com o consumo interno a ser o principal percursor do crescimento. O consumo privado que compõe cerca de 60% da economia, foi o que mais contribuiu, aumentando 0,7% na procura de viaturas e eletrodomésticos, de acordo com os dados fornecidos pela Mizuho Research Institute. Também Atsushi Takeda, o Diretor de Economia da Itochu Corp, referiu, num relatório da Bloomberg, que os retalhistas têm vindo a beneficiar dos bónus distribuídos no mês de Julho.

Fontes: BBC, Bloomberg, JapanTimes

 Vendas a Retalho
Mês a Mês
% Mudança
Confiança dos Consumidores
Mês a Mês
% Mudança
agosto
2018
0.00.0
julho
2018
0.00.0
junho
2018
0.00.0
maio
2018
0.00.7
abril
2018
4.6-1.0
março
2018
2.20.4
fevereiro
2018
3.3-0.7
janeiro
2018
5.20.4
dezembro
2017
5.90.0
novembro
2017
4.60.1
outobro
2017
3.40.1
setembro
2017
3.50.4
 Vendas a Retalho
Mês a Mês
% Mudança
Confiança dos Consumidores
Mês a Mês
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
3.3-0.70.00.1
janeiro
2018
5.20.4-6.60.4
dezembro
2017
5.90.02.90.2
novembro
2017
4.60.10.50.7
outobro
2017
3.40.10.50.0
setembro
2017
3.50.42.10.0

Estatísticas do retalho na Polónia

Na Polónia, o baixo nível de desemprego e um crescimento saudável dos salários, devem ser um bom suporte para o retalho, no 2º semestre de 2018. No entanto, Julho provou ser um mês duro devido à onda de calor e às restrições comerciais aos domingos, que entraram em vigor no início do ano e que atingiram, em 2018, o comparativo anual.

O tráfego caiu -6,8% no comparativo anual e o comparativo mensal também caiu -2,1%, fazendo com que o índice que mede o desempenho entre o início do ano e a data atual, tenha caído -3,2%. O mês de Julho, representa férias para a maioria das famílias polacas, que preferem viajar em vez de fazer compras.

Maior Tráfego            Segunda-feira, 16 de Julho

Menor Tráfego           Domingo, 15 de Julho

Fontes: Trading Economics, Reuters, Poland Radio

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
2.3-3.3
julho
2018
-2.1-6.8
junho
2018
2.7-4.2
maio
2018
9.42.2
abril
2018
-15.8-2.1
março
2018
-8.4-5.1
fevereiro
2018
20.3-2.6
janeiro
2018
5.4-2.7
dezembro
2017
-15.8-6.7
novembro
2017
-11.2-4.6
outobro
2017
3.7-2.8
setembro
2017
13.22.4
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
20.3-2.60.00.2
janeiro
2018
5.4-2.70.22.2
dezembro
2017
-15.8-6.71.65.0
novembro
2017
-11.2-4.60.2-2.4
outobro
2017
3.7-2.80.8-3.1
setembro
2017
13.22.4-0.74.7

Estatísticas do retalho em Portugal

No 1º semestre, a afluência em Portugal cresceu +0,5% no comparativo anual, temperada com uma quebra de -3,2%, no mês de Julho. As temperaturas extremas foram a principal causa da calma que assolou as lojas, comparativamente a 2017.

Assim que as temperaturas acalmarem, existem fortes possibilidades dos retalhistas retomarem o ritmo dos meses anteriores, uma vez que Portugal goza de um elevado índice de confiança por parte dos consumidores, de um mercado de trabalho robusto e de crescentes oportunidades no setor do turismo.

Maior Tráfego            Domingo, 15 de Julho

Menor Tráfego           Quinta-feira, 5 de Julho

Fontes: The Economist, Trading Economics, BBC

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
3.9-2.3
julho
2018
8.4-3.2
junho
2018
-2.9-0.8
maio
2018
2.4-0.3
abril
2018
1.7-2.9
março
2018
-2.0-0.3
fevereiro
2018
-12.80.5
janeiro
2018
-8.46.4
dezembro
2017
20.14.2
novembro
2017
2.32.2
outobro
2017
-7.9-2.1
setembro
2017
-3.20.5
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
-12.80.50.02.2
janeiro
2018
-8.46.40.4-1.3
dezembro
2017
20.14.23.8-5.4
novembro
2017
2.32.2-2.0-0.9
outobro
2017
-7.9-2.11.14.7
setembro
2017
-3.20.5-1.2-0.8

Estatísticas do retalho em Espanha

Apesar do tráfego em Espanha ter caído -2,3% no comparativo anual, em Julho, os retalhistas conseguiram registrar uma subida meteórica de +16,1% no comparativo mensal. O arranque dos saldos de verão, os festivais e a chegada massiva de turistas, são as causas mais prováveis para este pico de tráfego, uma vez que o mês de Junho foi bastante calmo.

Os retalhistas estão esperançados que o nível de turismo que é habitual registar-se em Agosto, ajude a manter os valores registrados em Julho e ajude o comércio a seguir a bom ritmo rumo ao Outono e mais além.

Maior Tráfego            Quinta-feira, 5 de Julho

Menor Tráfego           Segunda-feira, 9 de Julho

Fonte: The Local

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
-3.01.4
julho
2018
16.1-2.3
junho
2018
-2.7-3.5
maio
2018
1.7-0.8
abril
2018
-0.9-1.8
março
2018
-1.8-0.4
fevereiro
2018
-25.81.0
janeiro
2018
6.8-0.3
dezembro
2017
19.36.3
novembro
2017
7.01.7
outobro
2017
-4.3-3.2
setembro
2017
-3.41.7
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
-25.81.00.00.2
janeiro
2018
6.8-0.3-0.83.4
dezembro
2017
19.36.31.81.9
novembro
2017
7.01.7-1.8-3.1
outobro
2017
-4.3-3.20.6-2.0
setembro
2017
-3.41.70.9-2.4

Estatísticas do retalho na Suíça

A Suíça foi o único país europeu na nossa lista a gerar tráfego positivo em Julho, registrando +0,1% no comparativo anual, apesar de registrar uma quebra de -5,5% no comparativo mensal, contrariando os valores de Junho passado.

O Credit Suisse prevê que as vendas a retalho venham a crescer 0,3% este ano, graças ao aumento do consumo interno. A taxa de desemprego na Suíça, em Julho de 2018, era de 2,4%, mantendo-se inalterada relativamente ao mês anterior e a mais baixa desde Setembro de 2008, o que deve favorecer os resultados no 3º trimestre, para os retalhistas suíços.

Maior Tráfego            Sábado, 7 de Julho

Menor Tráfego           Quinta-feira, 26 de Julho

Fonte: Trading Economics

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
-0.4-0.2
julho
2018
-5.50.1
junho
2018
3.1-2.5
maio
2018
-9.6-4.4
abril
2018
2.00.9
março
2018
-2.33.4
fevereiro
2018
0.71.2
janeiro
2018
-14.1-6.0
dezembro
2017
5.62.8
novembro
2017
12.3-0.7
outobro
2017
1.5-5.9
setembro
2017
9.60.8
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
0.71.20.00.4
janeiro
2018
-14.1-6.0-0.4-
dezembro
2017
5.62.81.9-
novembro
2017
12.3-0.7-1.2-
outobro
2017
1.5-5.90.53.0
setembro
2017
9.60.80.31.6

Estatísticas do retalho no Reino Unido

Em Julho, o retalho no Reino Unido cresceu +2,2%, no comparativo mensal, mas caiu -4% no anual, atribuindo-se esta quebra ao tempo quente que distraiu os consumidores.

Helen Dickinson, Diretora Executiva do British Retail Consortium, referiu que o calor que se fez sentir em Julho, prendeu os consumidores à comida, à bebida e à necessidade de se manterem frescos. Os britânicos, encalorados, não têm paciência para passar os dias a procurar roupa, mobiliário ou coisas para a casa. Os retalhistas do Reino Unido deverão agora focar-se nas promoções de outono e começar a preparar a época de Natal.

Fonte: KPMG

Maior Tráfego            Sábado, 28 de Julho

Menor Tráfego           Domingo, 29 de Julho  

 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
agosto
2018
2.1-2.8
julho
2018
2.2-4.0
junho
2018
2.7-2.6
maio
2018
-3.5-2.6
abril
2018
2.1-1.5
março
2018
-1.8-7.2
fevereiro
2018
0.4-2.2
janeiro
2018
-22.5-3.1
dezembro
2017
14.7-3.7
novembro
2017
6.1-2.3
outobro
2017
2.1-4.0
setembro
2017
0.2-1.9
 Footfall
Mês a Mês
% Mudança
Footfall
Ano a Ano
% Mudança
#REF!#REF!
fevereiro
2018
0.4-2.20.0-0.3
janeiro
2018
-22.5-3.10.10.5
dezembro
2017
14.7-3.7-1.42.1
novembro
2017
6.1-2.33.2-0.5
outobro
2017
2.1-4.0-0.8-2.3
setembro
2017
0.2-1.9-2.85.2
 Vendas a Retalho
Mês a Mês
% Mudança
Confiança dos Consumidores
Mês a Mês
Pontos
agosto
2018
0.00.0
julho
2018
0.00.0
junho
2018
0.00.0
maio
2018
0.0-0.8
abril
2018
0.0-2.6
março
2018
0.81.7
fevereiro
2018
0.14.0
janeiro
2018
0.7-3.2
dezembro
2017
0.2-2.6
novembro
2017
--
outobro
2017
0.1-2.9
setembro
2017
1.3-1.7
 Vendas a Retalho
Mês a Mês
% Mudança
Confiança dos Consumidores
Mês a Mês
Pontos
#REF!#REF!
fevereiro
2018
0.14.00.00.2
janeiro
2018
0.7-3.20.00.5
dezembro
2017
0.2-2.60.00.2
novembro
2017
----
outobro
2017
0.1-2.9-0.10.1
setembro
2017
1.3-1.7-0.20.6